Educação Física - 9º ano EF II ao 3º ano EM

A Educação Física dos alunos do 9º EF II ao 3º ano do Ensino Médio do Colégio Equipe de Juiz de Fora tem seu foco na Motivação, proporcionando aos alunos escolherem em qual Educação Física querem participar. As modalidades respeitam integralmente os Parâmetros Curriculares Nacionais, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira e o CONFEF – Conselho Federal de Educação Física.

Também  é bom lembrar que o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), avalia a capacidade de interpretação dos movimentos corporais. O objetivo de inserir a Educação Física nas provas do ENEM foi valorizar a disciplina, tendo como foco principal a importância da prática esportiva saudável, bem como a aplicação do conteúdo no cotidiano escolar.

O aspecto cultural é um fator importante para determinar as atividades a serem selecionadas para as aulas de Educação Física. Cada adolescente tem um estilo próprio e identifica-se com as modalidades que vão ao encontro dos seus interesses e características.

No eixo que norteia a proposta de conteúdos a serem trabalhados no Ensino Médio, oferecemos atividades coletivas (Futebol, Badminton, Voleibol e Handebol) e individuais (Dança, Taekwondo, Treinamento Funcional (TF), Xadrez e Teatro).

Aulas de Educação Física:

Aula de Teatro que traz a articulação da Educação Física com linguagem, arte e expressão corporal. A turma perde a timidez, amplia os horizontes culturais e trabalha bem em grupo quando a arte cênica faz parte do currículo. "O teatro é um exercício de cidadania e um meio de ampliar o repertório cultural de qualquer estudante", argumenta Ingrid Dormien Koudela, consultora do Ministério da Educação na elaboração dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN).

Como mais uma novidade o Taekwondo, luta coreana, proporciona oportunidade de desenvolvimento auto-perceptivo, quando utilizado como instrumento de aprendizagem, colocando dificuldades motoras e psicológicas que ajudam na resolução de problemas. O educando deve saber que não adianta somente repetir dezenas de movimentos existentes nas lutas, ele precisa aprender os conceitos gerais que estão contidos em cada um desses gestos, utilizando esses movimentos em dezenas de outras atividades que não seja a luta especifica, um exemplo disso e o ensinamento da queda no judô, muito útil para a vida toda do indivíduo, que poderá reduzir ou evitar danos em acidentes que lhe ocorram. Outro ensinamento das lutas que também pode ser utilizado pelo aluno, é como manter o autocontrole, isso o ajudará ao longo de sua vida junto aos familiares, colegas e professores.

E por fim, introduzimos as aulas de TF (Treinamento Funcional), que é um novo conceito de atividade física dinâmica e  atrativa. Trabalhar diferentes capacidades físicas com a combinação de vários exercícios relacionados à especificidade da vida diária. Dessa forma, realizando um trabalho completo em todo o corpo.  Além da tonificação muscular, o Treinamento Funcional implica maior complexidade do movimento e envolvimento de várias capacidades físicas. Isso faz o organismo ter um gasto energético muito maior, além de trazer grandes contribuições, como melhora da flexibilidade, emagrecimento, otimização da coordenação motora, equilíbrio e condicionamento cardiorrespiratório. Isso tudo além de motivação e do aumento da auto-estima.

Os professores responsáveis são:

  • Rafael Lima: Handebol e Voleibol
  • Hugo Carlos: Futebol
  • Janine  Maria: Dança
  • Alexandre Teixeira: Badminton e Xadrez
  • Bruno Quiossa: Teatro
  • Wallace Detoni: Treinamento Funcional e Taekwondo

A coordenação é realizada pelo professor André Luiz da Silva Carneiro.

Clique aqui para baixar o horário das aulas!